have a great week | 3.2017

if you are reading this, something magical has happened... 

...quase a chegar


se eu pudesse parava o tempo...
parava o tempo para vos agarrar...
quero que sintam que eu estou aqui sempre. preciso que saibam que nada do que está para acontecer tirará nem apagará o amor, o espaço e a importância que vocês os dois têm para mim... foram os primeiros, o primeiro e o segundo, mas acima de tudo os primeiros. fomos unidos desde aquele primeiro teste até ao dia que vos tive nos braços cheia de medo, apavorada, tão cansada, mas feliz. 

está para chegar um mano, o vosso primeiro mano que não seja o vosso gémeo... sempre quis isto, sempre vos quis dar um mano, um mano mais novo, um bebé, e esse bebé está quase a chegar. 
se eu sei como fazer isto de chegar a casa um dia e haver mais um... não, não sei. 
quero que seja perfeito, sem grandes alterações à vossa vida, mas não sei se o que pensei programar, o que pensei organizar é o ideal... vocês surpreendem-me todos os dias, muito pela positiva e algumas vezes fico surpresa de não estar a contar com algumas atitudes ou reacções. não quero que sofram com nenhuma decisão que eu tenha tomado em vosso nome, no entanto sei que ter mais filhos fazia parte dos meus planos, nossos, do pai e mãe, para a nossa família, esperando que ao chegar seja aceite, amado e muito querido por vós. 

a diferença de idades, se bem que ao princípio me tenha assustado, percebo hoje que faz o seu sentido... talvez seja essa diferença que me vai ajudar a nunca vos atropelar de mimos, que nunca me vai fazer colocar um em frente do outro, como sempre fizemos até aqui, não fosse eu extremamente preocupada com esse lado da vida de gémeos. cada um com o seu espaço, cada um com o seu tempo. quero acreditar que estão para chegar dias bons, muitos bons, para nós os cinco e para esta nova vida. que o coração cresça e que saiba acolher todos vocês à vossa maneira e à minha. sou feliz convosco e quero muito que este novo bebé faça parte de vocês desde o primeiro momento. não sei se será fácil, aliás sem prever o futuro, sei que nem sempre o será, mas obriguem-me a ser sempre melhor, chamem-me, agarrem-me, mimem-me, peçam-me tempo, mimos, beijos, abraços como têm feito até aqui, eu serei sempre vossa... mãe. 

meus queridos filhos crescidos... antes de qualquer outro filho, foram vocês que me fizeram quem sou, foram durante tanto tempo o melhor de mim... acreditem que serei sempre vossa amiga e mãe. adoro-vos como nunca pensei adorar ninguém, quero-vos como nunca quis nada na vida e espero que tudo o que vier, seja vivido intensamente por todos, em família. a nossa... que está prestes a crescer. 

where to eat and wear | luz ideal e airosa


é óbvio que se me quiserem fazer sorrir só precisam de me levar a comer, principalmente logo pela manhã e em modo pequeno-almoço que nunca acaba, daqueles que nos levam a saltar o almoço e só pensar em voltar a mastigar lá pelas cinco da tarde. a cláudia percebeu isso muito bem e lá me tirou de casa para ir finalmente à luz ideal, na estrada da luz onde eu raramente vou, mas onde poderei passar mais tempo. não sei o que me conquistou mais, se o óptimo croissant, se a luz que de facto é ideal, se o lettering, se o serviço, se o ambiente, mas a companhia foi das melhores e a conversa, essa, fez-me tão bem. ultimamente quero aproveitar todos estes momentos com amigas, um de cada vez, cada uma diferente da outra que me enchem o coração e que a quem eu quero dedicar estes meus últimos dias antes de deixar de dormir... ou dormir menos ainda que esta barriga já não permite muito sono. 



para o pequeno-almoço levei tempo e muito pouca pressa... e a minha mala nova, finalmente oferecida e tão gira. as mochilas da airosa design já cá andavam debaixo de olho há imenso tempo, ele demorou a perceber os mil e um sinais que lhe fui deixando, mas quando chegou parecia que eu a tinha visto pela primeira vez, gosto tanto dela. 





a luz ideal | site | facebook | instagram
airosa design | site | facebook


eu vou voltar de certeza, é só tratar aqui de um parto, e quem sabe com gente nova, mas acima de tudo com fome de estar, comer e gozar o meu tempo da melhor maneira possível. estamos na recta final desta gravidez e que bom que é saber que há sítios na cidade onde quero voltar e outros que quero conhecer. há toda um licença para gozar e um tempo que será único para aproveitar. estamos a caminho do verão e até lá há croissants para provar!

gosto disto | agenda e planner

surpresas boas deste ano que acabou de começar é saber que marcas que gostamos têm agendas que adoramos! foi num post de uma amiga que soube que a stradivarius.pt tem secção de papelaria. e que boa surpresa.



a escolha é reduzida mas é perfeita. não preciso de mais nada, simples, com espaço que baste num tom que sempre disse ser o mais bonito de sempre. à agenda acrescentei o planificar da semana que tanto uso lhe dou e que veio mesmo a calhar, visto o meu ter acabado mesmo agora... e que bom que é começar um novo.  o meu novo amigo da secretária, o alce da tiger fica com isto muito bem e o ananás vela é delicioso. assim dá gosto trabalhar em casa visto virem por aí meses de licença!



agenda e planner | stradivarius
alce | tiger





have a great week | 2.2017


baby boy three | mala da maternidade

Já há muito tempo que não preparava uma mala de maternidade para mim, mas tenho aconselhado tantas pessoas a fazerem as suas que desta vez pensei que vamos fazer isto bem feito, sem exageros como da última vez, mas sem achar que tenho que ser minimalista porque será o último filho...
Com os manos, fiz uma mala para quinze dias mais parecia, porque com gémeos encheram-me de tanta informação que só não levei o aquecedor de biberões porque não calhou... no entanto e porque aconteceu tudo tão rápido eu estava na rua quando a tensão arterial aumentou imenso e me levou a correr para as urgências que a tal mala enorme que preparei com um mês de antecedência acabou por ficar em casa à porta, para vir ter comigo apenas 24h depois do parto pois fiquei no recobro um dia inteiro sem acesso a nada meu quase...


Desta vez lembrei-me dessa sensação de não ter nada comigo, nem o tlm tinha bateria nem dinheiro, como na altura era emigra e vivia em Moçambique só carregava o tlm quando cá vinha e calhou mesmo bem, not, não ter planeado bem o tarifário... tempos chatos esses.

Preparei esta mala há uma semana, depois mudei tudo, depois fechei-a, e voltei a trocar tudo esta 4f quando finalmente recebi uns mimos de uma tia que guarda tudo com imenso carinho para que na família não hajam bebés por vestir... e lá fui eu abrir a mala e trocar as roupas outra vez.



Vou ter este baby como os outros no Hospital São Francisco Xavier, confio no serviço, acho-o acolhedor, enfermeiras disponíveis, vista fabulosa e apesar dos sustos correu tudo bem e eles nasceram e eu vim-me embora... mission accomplished.
Com gémeos, a quantidade de mudas de roupa é um bocado exagerada e no meu caso eu fiquei 3 dias e meio no hospital, apanhei 24h de recobro, e um feriado, deixaram-me ficar e eu apesar de farta também me consegui ambientar a eles sozinha num quarto privado o que ajudou aos medos e ansiedades. Agora levo apenas 3 roupas, a primeira, a segunda e uma de saída, nos entretanto levo pijamas e bodies interiores, não sou fanática de os mudar de roupa a cada quinze minutos nem acho que seja no hospital que o tenhamos que fazer... em casa teremos todo o tempo para te embonecar meu querido. A roupa de saída é a única nova, oferecida pela avó, o resto é herdado e com imenso orgulho a começar pelos cueirinhos, lindos. Optei pelo branquinho mais simples para a primeira roupa e o que tem mais folhos e fita azul para o segundo, isto porque da outra vez reparei que as visitas vêm mais no segundo dia. O horário, graças a deus, é reduzido, não gosto de visitas na maternidade, não gosto de estar completamente fora do meu habitat, de pijama e inchada enquanto um mundo de gente me vê... uma das maravilhas do hospital público! Assim, a toillete mais chique fica para esse dia. Enquanto que a de saída é quentinha de malha que já tinha mostrado no instagram para sairmos à rua. E está decidido. Collants, botinhas e gorros não faltam, embora eu odeie collants em bebé recém-nascidos, também nunca tive um bebé de inverno, não me vou armar em esquisita.



Cada roupa no seu saquinho de pano, feito a pensar nele e nas várias opções deste tom, juntamente com o porta-documentos novinho em folha e o muda-fraldas para andar sempre connosco, com um dos tecidos que mais gosto. As bolsinhas plastificadas também são todas da lojamaisqueridadobairro com vários padrões para vários propósitos. E as fraldas e mantinha para a saída também fazem parte do conjunto que compus para o nascimento do V, como se deve. Ao escolher os mesmo tons mas não sempre o mesmo tecido faz com que o conjunto inteiro pareça mais versátil e diferente para cada produto. Tudo se conjuga, mas nada é demasiado ofuscaste. Acho o tom perfeito para o conjunto de passeio, depois mostro o conjunto de casa... fica para outro post.


A parte mais difícil é saber o que levar de produtos de higiene, já não me lembrava de metade das coisas, entre produtos para o bebé mais aqueles que temos que levar para nós, a coisa complica-se. Foi por isso que decidi pedir ajuda a quem sabe, à equipa super querida de WELL'S de Campo de Ourique, falei com a Lara, que lidera a tropa, e com a sua ajuda mais a das suas "miúdas" da loja fui super bem atendida e esclarecida. Primeiro comecei pelos produtos para mim, acrescentei ao que já tinha da Medela outros produtos como a protecção dos mamilos porque com os gémeos funcionaram lindamente e desta vez não dispenso também. Para o baby V, trouxe as fabulosas, parece, toalhas WaterWipes, mais baratas e sem químicos perfeitas para os mini babies, juntei as fraldas Libero que também dizem ser óptimas e mais em conta, chuchas Chicco porque sou fã, primeiro biberon Avent porque já tenho o aquecedor dos biberões dos manos, mais o kit de tesoura e lima etc da Avent também que não conhecia. Compressas de não tecido, compressas normais, soro em monodoses, tudo da marca Well's que já deu mais que provas que é óptima e os produtos Mustela em tamanho viagem, creme, gel duche, muda-fraldas e perfume, para usarmos nos primeiros dias e testar na pele.