diy . fvm | map envelopes



ir de férias é das coisas que mais gosto, por mais cansativo que possam ser ao mesmo tempo. nem sempre vamos para sítios desconhecidos, mas para onde quer que se vá trazem-se momentos, fotografias e coisas para guardar e recordar... e porque não guardar mesmo? ou enviar?! agora entra a parte antiquada da minha pessoa... há quanto tempo não usam mapas? ahahah pois eu este ano deixei o gps em casa, e usei durante três semanas um mapa... várioas aliás, daqueles em livro mas caquético, daqueles que passado dois cruzamentos só me apetecia usar o telémovel para ir ao google... credo! parecia de outro século, no entanto deu para dar umas valentes gargalhadas e direito a algumas chantagens "se chegarmos ali em cinco minutos sem nos perdermos alguém me oferece um gelado" e em itália este é a melhor recompensa. esse mapa que tanta dor de cabeça me deu podia perfeitamente servir para guardar as fotos das férias, ou até enviarmos cartas e postais aos avós, tios e primos longe para lhes dizermos onde estamos. acho uma óptima ideia, e embora meta cola, não é nada de muito complicado. sigam o link para poderem descarregar o .pdf com o molde dos envelopes. .







what if you made envelopes with the maps you used while on holiday to send letters to your loved ones that are back home missing you (or so you think)? i bet you don't use maps, but i did this year and boy are those things difficult but oh so reliable. i got lost about five million times, but when i didn't i was rewarded with ice cream! anyway... what if you used those maps and created envelopes to send out letters, or even keep some of your holiday memorabilia that your collected while on holiday? i think it's a really nice idea. follow the link and download the .pdf file for the envelope template. have fun remembering where you've been.
.
lo so che ormai nessuno usa le mappe per andare in vacanza, ma quest'anno l'abbiamo usate e anche se ci siamo persi un bel pó di volte, é stato una esperienza divertente quasi ilariante... anche se a volte da volere buttare la mapa fuori dalla finestra. comunque... perché non usare quelle mappe, le stesse che hai girato e rigirato, strapatto e scritto su per fare delle bustine e inviare una lettera a chi sta lontano per fargli sapere dove siete e como state? lo trovo stupendo! e cosi dimentichiamo piú in fretta i nervi che ho avuto dopo la terza volta su quella rotonda... 

No Comments Yet, Leave Yours!