twinsfifthbirthday | the yearly letter

todos insistem que passa rápido, rápido demais... a expressão "time flies when you're having fun" poderia aplicar-se de facto à maternidade, e aos meus filhos, mas eu não acho que o tempo voe. acho mesmo que me lembro de cada segundo, minuto, dia, semana, mês, ano como se fosse tão intenso que foi saboreado ao milímetro. não sinto que me fogem pelos dedos, que não vivo isto de ser mãe ao máximo... tenho a certeza que o faço tão intensamente como viver. aproveito qualquer momento com os meus filhos, e gozo de uma felicidade imensa. sinto que já não me lembro de como era a vida sem eles, mas gosto de lhes contar como era, sinto que preencho bem os nossos silêncios como também as nossas brincadeiras e gargalhadas. para mim, não passa rápido demais, passa e passa intensamente. o que não é a vida se não aproveitar tudo... e guardar tudo na memória e nunca esquecer o que passou, o que somos e o que queremos...


os meus filhos fizeram 5 anos e eu como mãe também. que bom que é acompanhar estes pequenos seres humanos, nas suas conquistas, fases, (tramadas algumas...), questões, dúvidas, curiosidades, discursos (politicamente nada correctos...), medos, soluções, conversas, mimos e tão diferentes. são gémeos, mas acima de tudo, são pessoas, duas pessoas independentes, amigos, manos, conversadores, tímidos, comilões, altos, rapazes, brutos e meigos como só os meninos de sua mãe sabem ser. conversam pelos cotovelos, atrapalham-se no contar das suas aventuras, fogem a setes pés de cães, mergulham como peixes, saltam como loucos, lutam como super-heróis, acham-se verdadeiros "vingadores", comem como o pai, e conversam como a mãe... os meus pequenos bebés já são meninos.


conheço-os como ninguém, distingo-os no som ao longe, nas reacções, sei prever melhor que ninguém o que vai acontecer nos próximos três minutos, como também me surpreendo mais que todos pelas coisas novas que aprendem e mostrar saber fazer. pedem e chamam por mim, como eu preciso deles e quero acreditar que tudo isto, por mais voltas que a vida dê, nos mantenha juntos, unidos e amigos para sempre. quero que saibam o quanto eu os adoro, e o quanto me fazem falta... quero acreditar que este amor e lugar especial que têm na minha vida existirá para sempre... e que se consiga ver à distância, por estranhos e amigos, e que seja sentido por nós nos momentos bons e maus.


parabéns meus queridos... uma mão cheia de coisas boas.

obrigada Mariana Megre, por conseguires meter numa imagem, tudo aquilo que eu lhes quero dizer. 

2 comentários:

  1. Que texto tão bonito! E as fotos que lindas também!
    Os filhos ... dão-nos cabo da caganita mas não há amor maior :)
    Parabéns aos filhotes e aos papás!
    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. obrigada! é mesmo... há momentos de desespero mesmo, não é tudo perfeito, mas é ao final do dia que agradeço sempre ter o que tenho do jeitinho que eles são! ;)

      Eliminar