instaweek | 20.15





de todas as coisas queridas que eu tenho feito, não posso deixar de dizer que esta superou todas, até as minhas expectativas. o baptizado das gémeas Maria e Teresa foi assim como que um overload de rosa, flores, mimo e ternura. concretizou-se porque por detrás da Let's também há clientes especiais, amigas que nos ajudam e que sabem o que querem desde o dia 1, que por acaso desta vez foi três meses antes do evento. tanto tempo a pensar neste momento único... baptizados são dos meus eventos preferidos, trazem-me tudo o que há de bom em mim e é tão bom poder participar nesta fase da vida dos mais pequeninos. estas imagens são dos preparativos, mas em breve espero poder mostrar tudo composto.
entretanto adorei sentir o verão na pele, já há vestidos e saias fora do armário e por vezes até combino com a cidade, com o bairro. 

sobre correr... fui correr, mas correr a sério. saí de casa com o objectivo de ir correr, e só correr... foi um desespero... dos 7kms que eu tinha para percorrar, corri 1km e qualquer coisa e achava que ia morrer. na verdade o que não corri, andei rápido e até achava que estava bem de saúde... custou-me imenso, principalmente porque perdi a coragem para recomeçar a correr... como se os pés não fizessem o que eu pedia. tive vergonha de não correr mais, mas sabia que no fundo ninguém me persegue nem obriga a isto, só mesmo eu... e que preciso de tempo, preciso de ocnhecer o percurso, preciso de me conhecer para melhor me superar. não sei se é para mim isto de correr... mas quero tentar mais uma vez... desde que não acorde como no dia a seguir com a sensação que alguém tinha dormido em cima de mim (eu perguntei-lhe logo de manhã... ele garante que não lol), sentia os pulmões esmagados, as costelas presas, o respiro asmático. doía-me a cabeça, quis chorar de dor, quis até vomitar a certa altura... queria cair, dormir e confesso morrer. nunca me tinha sentido assim tão desfeita... demorou a recuperar, mas foram preciso 6 cafés e uma coca-cola zero... jurei para nunca mais, mas sei que isto passa! hoje supostamente deveria ter corrido, mas.............................

6 comentários:

  1. Eu já tentei correr mas não gosto! Sugeriram-me aquele esquema de correr 1m andar 2 e ir aumentando o tempo de corrida de semana para semana e eu acho que é um método eficaz para se aprender a correr!
    Experimenta!

    ResponderEliminar
  2. já tenho aqui tb umas dicas, como só mesmo correr 1km e na vez a seguir aumentar 500m, tentar nunca fazer menos, mas pelo menos igual... tlv o que me assustou foram mesmo as dores do dia a seguir, como que um alerta para qq, fiquei preocupada a pensar que não tinha corrido bem, como se houvesse um correr mal... não tenho os pés tortos, nem as perna arqueadas, nem sou corcunda, nem sei lá o quê... a sério que me preocupou, mas tb acredito que nunca dei uma tareia destas ao meu corpinho e acredito que ele precise de tempo para se habituar, e tlv me perdoar! ;)

    ResponderEliminar
  3. se soubesses como te compreendo!! há uma semana participei na minha primeira corrida. corri cerca de 1km e andei outro 1,5km. o tempo que caminhei estava quase em sofrimento sempre que retomava a corrida o sacrifício era maior. ainda assim corri 1km!
    vou tentar encontrar uns ténis jeitosos e não muito €€€ para ver se a coisa se dá melhor.
    fico também a torcer por ti, para que tornes a correr que isto parece que faz bem!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. nem que seja para irmos falando e esperando que isto não nos mate! fico a torcer por ti também!!!!

      Eliminar
  4. Andrea,

    As dores de cabeça podem ser desidratação. Eu também quando comecei a correr "esquecia-me" de beber água, compensar o que tinha perdido. Claro, normalmente a dor de cabeça era o sintoma simpático para me avisar que eu não sou um camelo. Hidratação é fundamental.
    Quanto à corrida em si, há que ter metas menos ambiciosas no início: 20m, 25m, 30m. Quando já conseguir correr meia hora seguida, tentar correr 5 km e assim, sucessivamente.
    Eu passei por esse processo... Não corria nem para atravessar a rua. Comecei aos poucos... Ao fim de um ano decidi fazer a minha 1º maratona :)
    Carla

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. nem mais, não quis ir carregada de garrafinha atrás e acabei por deixar passar a seguir... digamos que a lição ficou bem presente e não voltarei a fazer o erro! darei notícias... lol

      Eliminar