pantone | happy thanksgiving



today is thanksgiving in the us and i miss it a bit, it was one of the best feelings i had when i lived there, because though we weren't an american family, and as a portuguese one had no tradition of a thanksgiving dinner i still felt it all around me. the important thing was feeling that amazing warmth of a simple thank you. it was a time to aknowledge what you had and what you were able to achieve in your life. as a kid it felt almost overwhelming, almost bigger than xmas really for gratitude is a powerful thing. though the main ingredient, or ingredients of a traditional thanskigiving meal is turkey and pumpkin, this image with chicken and brussels sprouts represents in reality the gratitude you feel around a thanksgiving table... to be able to share, to divide something in between your family from a whole which is love. this is what i kept from all those last thursdays of november in california... a whole lot of love! thank you cali... 

instaweek | 47.14


impressionante como uma semana inteira se reduz a um pormenor. a chegada das botas de miúdos crescidos que me dizem não serem já bebés e sim muito mas mesmo muito mãe, crescidos. passei de um post de ontem querido como só as coisas de bebés recém-nascidos conseguem ser, para umas botas que representam uma nova etapa na nossa vida porque já há gostos, vontades e contradições, bem como discursos de gente grande. quatro anos e meio e tanta coisa para me dizer. e umas doc falsas mas iguais às que a mãe teve há 20 anos e que me trazem também a mim memórias de vontades e muita rebeldia. 

precious finds | para a teresinha


tic tac babies | site | facebook | instagram . atelier da tufi | site | facebook | instagram

que eu sou fã incondicional da tic tac babies já o devem saber, que eu gosto mesmo muito da teresa que está por trás deste mundo encantado dos folhos também já o deveriam saber e que eu vou ter uma sobrinha chamada teresinha no início do próximo ano também deveria ser já assunto do dia. eu ando em preparativos para a sua chegada. não pormenores de recém-nascido mas para mais tarde a pensar num mundo novo que é esse em tons de rosa, flores e laços. por aqui há só rapazes para satisfação dos meus pais que viveram anos rodeados de meninas, filhas, sobrinhas, primas, enfim... sempre meninas, agora deliram com os rapazes que por aqui aparecem. parecia que seria a regra, mas lá vem a minha irmã que é decidida até na ordem das coisas mais naturais que existem, e vai daí e trocou as voltas a todos e andamos em modo girly! só vos digo que ainda bem que não é minha... porque se eu já não me controlo muito bem (sempre achei que ter rapazes tem contribuido para a minha situação financeira se encontrar estável) imagino estes pequenos ataques de ternura na minha própria casa!!
aqui está o primeiro kit de presentes para a teresinha, a começar pelo lindíssimo fofo da tic tac babies que é simplesmente delicioso, o tom de rosa, também já devem saber que é o meu preferido de todos os rosas, e o cinza, lindo de morrer... e quem é que resiste a laços destes? não se aguentam...
para compor o conjunto decidi por uns saquinhos de cheiro para tornar aquelas casa ainda mais doce, com colónia de bebé que é sempre magnífica, um ó-ó em nuvem para colocar na cama e mais tarde se tornar no seu brinquedo preferido (eu já incuti ao ó-ó essa mesma função) e umas orelhinhas com argola mordedora para que quando os dentes atacarem não ter que morder as mãos queridas que há-de ter de certeza. enfim, planos para fazer um bebé feliz. se for igual ao mano será loira de olhos azuis, o oposto da mãe e da tia, tia essa que já vai para o sétimo sobrinho e nenhum deles moreno...
que tudo isto seja o início de um ano muito bom. ansiosa por te ver, teresinha.

have a great week | monday



instaweek | 46.14


vou começar a ler histórias na sala dos meus filhos uma vez por mês e o primeiro livro que escolhi foi o "presos" de oliver jeffers, que é simplesmente genial. sem moral sem grandes lições de vida, mas com ilustrações lindas e surpresas em cada página. perfeito para rapazes, no mundo dos super-heróis e com uma energia para dar e vender. recomendo a todos entre os 3 e 5 anos. nesse mesmo dia dei comigo em grandes ocnversas com o Fernando Alvim, ali na padaria do costume onde relembrei-lhe que já me tinha entrevistado para a Prova Oral, quando vivia am Antuérpia e à conta de conversa tão boa pagou-me o café! soube-me muito bem!! durante a semana com os meus sogros cá de visita andámos por Lisboa e ultimamente tenho andado à procura de bons cafés, não só no decor interior, mas no próprio café e este, é bom, é dos melhores mesmo. o sabor qualquer coisa de extraordinário. provem! e provem também o chocolate!!! meu deus......... dizem que o brownie também é divinal, mas deixei para outras paragens. a letra A, essa anda por todo o lado e há uns mesmo giros! o pesto... é só e simplesmente a melhor maneira de me convnecer a deixar os miúdos irem para itália sózinhos com o pai... eu direi que sim a tudo! 

where to eat | to.b. burger


to.b burger | rua do capelo n24 . lisboa | 

que os hamburguers estão na moda, ninguém nos precisa dizer, que chegam a ser quase diárias as notícias de novos restaurantes desta pequena maravilha americana também não é novidade, que há de tudo já é certo, mas os bons e daqueles mesmo dos bons talvez nem todos conheçam. tenho para mim que os hamburguers não são só um género de carne dentro de um pão com sementes de sésamo e com ketchup... tenho sim que têm que ser consistentes, bons, saborosos, que aguentem uma dentada sem deslizar para o lado, que não espirre molho e que não tenham tomate cherry inteiro que torne o acto de comer numa guerra. a carne tem que ser divinal. a porção não pode ser de camionista mas também não inventem mini burgers tipo slider onde só se come pão. a relação entre qualidade/quantidade/preço tem que ser perfeita para além de um pormenor importantíssimo... que ao se dividir um hamburguer ao meio se vejam todos as camadas, bem equilibrados e com as suas cores bem definidas, isto aprendi eu num masterchef e foi daquelas coisas em que pensei "isso, é isso mesmo!" uma pessoa sabe, mas quando alguém o diz em voz alta é quando se faz luz. 
o to.b burger é simplesmente o melhor de lisboa!
tudo o que eu disse antes aqui é perfeito. e sabe tão bem! os miúdos adoram e o espaço, atendimento, localização é simplesmente perfeita! tenho várias razões para declarar este espaço o melhor do seu género nesta cidade já cheia de tentativas que ficam muito áquem. tenho a certeza que o George do Masterchef Australia ficaria muito feliz com esta minha dica. fica o desafio de encontrar melhor, mas também confesso... para experimentar o que já experimentei, poderei decidir ficar por aqui. a sério, deliciem-se! ah e não se esqueçam, aqui não fazem cerimónias com as sobremesas por isso nem pensar em dizer que não querem, valem a pena e são para toda a família. YUM!

have a great week | monday



what to wear | sweater weather


1|2|3|4|5|6

hoje apeteceu-me isto! as sweatshirts estão em alta e são mega confortáveis, mas para não ficarmos com ar de quem vai a caminho do ginásio, juntei umas imagens das nossas it girls favoritas para inspiração! gostam?

today i feel like wearing a sweatshirt! they are so in fashion and so comfy, but to not risk looking like you're on your way to the gym, i've put together a few images of our favorite it girls of the moment for inspiration! don't you love it?



pantone | peach and burrata



acho que nunca aqui tinha dito, mas desde que abri a loja mais querida do bairro, 18 meses, que só como sopa ou saladas ao jantar... para grande tristeza do marido, italiano com jeito para a cozinha, eu deixei de me deliciar com os seus pratos, excepto em dias de festa. claro que não peço sopas nos restaurantes, não dá, mas em casa o meu jantar habitual reduz-se a estes dois tipos de pratos, tento inventar mas também não me importo nada que seja a mesma sopa toda a semana ou a mesma salada que faço fresca todos os dias, não sou chata com repetições, se for bom como e pronto! enquanto que as sopas podem ser básicas, porque até prefiro colocar por cima pedacinhos de queijo para alterar alguns sabores, ou não e gosto de sopas simples (não me inventem sopas com laranja que eu tenho um mini stress), mas nas saladas?! essas podem ser autênticas surpresas, graça a deus ele também as faz muito bem e quando ele decide acompanhar aqui a minha espécie de dieta eu deixo-o inventar! esta que vos mostro hoje tem um belíssimo aspecto e eu nem sou muito de comer pêssegos, também a altura não é deles, mas eu adoro burrata, uma mozzarella tão mole e recheada de queijo cremoso por dentro, que não há igual... tenho dificuldade em comer apenas um bocado e nos meus sogros costumo ter uma tigela só para mim. eles gostam muito de mim sim! não há igual e se não conhecem... preparem-se. não consigo dizer onde arranjar em lisboa porque sei que quando chego a milão lá está à minha espera, e aqui nem sempre a uso em casa, mas se for jantar fora e houver num prato qualquer é isso que eu peço. continuando... esta salada está recheadinha de rucula, burrata, cebolas roxas caramelizadas e lá está, pêssegos grelhados... tenho que pensar como é que esta salada poderá ser mais invernal, mas eu comia em três tempos mesmo assim neste dia tão chuvoso!

diy | fvm . tissue paper banner



quando pensamos nas nossas festas pensamos sempre em alguns pormenores que as possam destacar de tantas outras, quando possível tento usar materiais diferentes e maneiras diferentes de os aplicar. o papel seda é dos meus preferidos, sem dúvida. dá para tudo, é delicado sem ser necessáriamente caro e frágil. o cuidado que se deve ter existe mas não é tal que é preciso ter medo. aqui neste diy a cola é quase enixestente, aliás eu nem usaria sequer como sabem não adoro. um pau de madeira, uma corda, papel seda colorido, que aviso já que é super difícil arranjar assim nestes tons, parece que em portugal só se usam as cores primárias em tudo o que é material de papelaria, mas procurem ou mandem vir, porque o mundo é uma ervilha! 
para evitar grandes colagens que diria que o melhor até é colocar no pau de madeira uma tira de fita cola dupla e dar a volta com o papel e colá-lo logo diretamente. ou vejam o link, ela tem outra maneira e é sempre bom verem o que acham melhor.. espero que gostem e quem sabe irem mudando a vossa casa com pormenores coloridos e temporários... assim há sempre desculpa para irem mudando o decor! 
mostrem-me tudo!

instaweek | 45.14


os dias passados a passear por lisboa dão-nos sempre razões para sorrir. voltamos sempre onde somos felizes porque nos faz bem e acordar sabendo que vamos passar o dia na cidade que amamos não podia ser melhor. em lisboa é preciso nunca esquecer de olharmos para cima, há sempre surpresas como este A lindo de morrer, mal colado pronto para cair nas minhas mãos, não fosse a primeira letra da palavra arte o que deixaria de fazer sentido caso viesse para casa comigo... enfim... um dia talvez. também se pode subir aos pontos altos e olhar para baixo e ver lisboa em planta que é sempre uma belíssima sensação. de coisas novas em lisboa há sempre muito para contar, mas a quase mais recente novidade será um pequeno cantinho onde fazer terapia, mas de gelado! poderia viver de gelados, e estes vão dar que falar tenho a certeza, nem que seja porque eu durmo por quem desenhou o espaço onde lisboa poderá provar um gelado com sabor a oreo, que eu só sei descrever como orgásmico... quase quase a abrir! não se chama "la fabbrica della felicitá" por nada! enquanto não abre eu vou descobrindo algumas pérolas em casa dos meus pais, desta vez foi o meu dossier de português do 5º ano... odiava a professora, mas verifiquei que a minha letra continua impecável desde então! 
e os meus livros da anita........ que maravilha. edições tão diferentes, mas os mais antigos são os melhores. 

let's | boo

let's | facebook | festaslets@gmail.com

já há muito tempo que não publicava aqui uma festa da let's. e que saudades. hoje não há precious finds, mas há esta pequena amostra do que foi o nosso halloween ali no meio dos répteis e cobras. woohoo boo! que medo mas que giro ao mesmo tempo! espereitem a nossa página porque temos festas muito giras lá guardadas e qualquer dúvida não hesitem em perguntar. tenham em conta sempre que qualquer destas festas pode ser vendida como pacote só de gráfica e adereços para que vos chegue pronta a montar! espero que gostem. sim, eu tenho múltiplas vidas... lol

have a great week | monday



pantone | pumpkin hummus



ainda sobre abóboras, mesmo tendo o halloween passado, se estivéssemos nos estados unidos da américa ainda teriamos o thanksgiving para celebrar e com isso mais abóboras. eu ando numa saga das sopas e lá está... abóbora como base adoro. mas adoro quesadillas, tacos, fajitas e pensar que abóbora fica bem numa espécie de hummus poderá mudar os meus próximos jantares! e eu ansiosa! 
tudo nesta imagem me agrada, assusta-me apenas o pózinho encarnado que espero seja paprika, mas temo que seja picante... e eu e os picantes não somos grandes amigos se bem que eu como na mesma, arrependo-me depois. fica a sugestão para um jantar mesmo que de outono com a rapidez e frescura de um verão. enroladinhas ou sobrepostas tipo sandwich ligeiramente tostadas... need i say more?!

furniture design | light wood

1|2|3|4|5|6



the architect in me | casa da severa







o projecto tem como objectivo a transformação de um edifício de habitação situado no Largo da Severa, na Mouraria em Lisboa, num equipamento cultural designado por Casa da Severa. o edifício original, com três pisos mais sótão e o total da seis fracções destinadas a habitação, apresentava - como resultado de sucessivas transformações e compartimentação interior - diferentes problemas estruturais e escassas condições para habitar, nomeadamente deficientes instalações sanitárias e espaços úteis manifestamente exíguos. de modo a adaptar o espaço existente ao novo programa público, optou-se por demolir o interior do edifício e preservar o seu exterior mantendo a sua forte identidade urbana. (parte do texto original...)

the project aims to transform a residential building located in the Largo da Severa, in the Mouraria quarter in Lisbon, a cultural outfit called House of Severa. the original building, with three floors plus an attic and the total of six residential fractions, had - as a result of successive transformations... - different structural problems and poor conditions to live in, including disabled toilets and confined useful spaces. in order to adapt the existing program to the new public space, it was decided to demolish the interior of the building and preserve its exterior retaining its strong urban identity. 

instaweek | 44.14


chamem-me tudo e mais alguma coisa porque eu mereço! decidi fazer duas coisas esta semana, aliás no fim-de-semana, portanto concentrado em poucas horas que achava que podiam ser easy peasy mas que se tornaram em infinitos momentos de nervos e percepção de loucura. comecemos por sábado... preparar uma festa. permissa: no zoo com o tema halloween! mas onde exactamente no zoo?? DENTRO DO REPTILÁRIO! eu sei perfeitamente que aqueles bichos não são venenosos (para terem lá cobras venenosas seria preciso um laboratório que fizesse permanentemente antídotos e isso custa muito dinheiro e por tantas outras razões) e que nenhuma daquelas nos saltará em cima e nenhuma tem força para partir o vidro. mas quiseram-me tranquilizar ao dizer que "nenhuma está solta" pois obrigada, era só o que me faltava! mas e as tartaguras mordedoras? soltas da silva, dentro de água alguém sabe se são bipolares o suficiente para dar uso ao nome? e os crocodilos a nadar no lago, alguém lhes perguntou se facto se eles sabem subir as três pedrinhas que os separam de nós meros humanos? e a iguana?? está viva???... a S. aguentou-se e bem mas eu tive mesmo que me concentrar na parte da festa que não envolvia cobras. fizémos uma mesa com um lanche cheio, bom e saboroso, vinham todos com fome! foi sem dúvida uma festa gira e tão diferente. a let's está mais uma vez de parabéns e em breve terão algumas fotografias para ver... se é que se consegue ver alguma coisa porque não somos profissionais da fotografia e estava tudo mesmo escuro... 
domingo... como se eu já não tivesse muito trabalhinho na minha vida, decidi repensar um pouco na imagem e catálogos do atelier da tufi, ando aqui a pensar e testar coisas, até sem data "de entrega" para não me colocar mais pressão em cima, não fosse eu uma excelente chata comigo mesma. comecei calmamente às 11h... só às 16h é que parei. entre mini workshop de fotografias, dicas de quem admiro, primos que sabem o que fazem e ideias de designer-for-fun-but-really-an-architect... passei o meu domingo a trabalhar! tenho cá para mim se de facto conseguir colocar estas ideias em prática que vou gostar disto... mas o tempo, jeito e próximos domingos o dirão!

precious finds | frutos secos do mercado


mal sabia eu que quando iniciei a busca de granola boa iria ter que provar, oh que chatice, tantas! não fazia ideia que havia tanto por onde escolher e algumas tão diferentes. acho que já provei a melhor, também acho que já provei algumas que não volto a comer, mas descobri esta por acaso e só posso dizer que está lá muito perto da que eu coloquei no topo. para além de ser vendida ali tão perto da loja-mais-querida-do-bairro, no mercado de campo de ourique, onde há surpresas em cada banca e onde eu cada vez que lá vou descubro coisas novas, inclusivé um excelente café, mas isso vou guardar para mim que eu quero que continue assim, vazio e tranquilo. para compensar vou lá muito! dizia eu da granola... já me tinham dito que eu devia provar, mas parecia que não havia tempo para tudo e obriguei-me a lá ir. que bom que é chegar a um sítio novo e ficarmos logo com água na boca pela variedade de ingredientes, mesmo sem ter certezas sabia que de uma maneira ou de outra havia ali uma óptima oportunidade de fazer uma granola a pensar em mim e só em mim. quem me atendeu não teve medo nenhum em me explicar tim tim por tim tim cada frasquinho e quais os ingredientes que ficam melhor uns com os outros. e quando eu achava que já havia muito por onde escolher, de repente entendi as minhas clientes a quem eu digo que podem escolher entre de 233 tecidos para fazerem as coroas e ficam quase como que hipnotizadas sem saber por onde começar, ele mostra-me mais outros tantos que embora mais doces ficariam também muito bem nos meus futuros pequenos-almoços e lanches. a base da granola é simples, não há volta a dar, não é preciso ter milhares de sementes para ficar divinal, o segredo está no "tempero", mel e canela combinam sempre bem e esta está no ponto. para dar-lhe um toque mesmo bom comprei um saquinho de avelãs caramelizadas com canela e uma triturada basta para acrescentar um crunch perfeito ali no meu iogurte natural. yum! frutos secos do mercado tem imensas opções para colocar numa base de granola que já de si é das melhores que já provei e que pela proximidade e simpatia será muito bem vinda aqui a casa. tenho pena de não ter ficado com o nome de quem me atendeu, pois o atendimento fez-me lembrar aquelas idas com a minha avó escolher bolachas e doces ao kilo ali no chiado. de primeira categoria onde eu ainda hoje volto e sinto-me miúda.

have a great week | monday