where to eat | clérigos

já devia ter escrito mais sobre o fantástico fim-de-semana que passámos no Porto, mas só agora consegui arrumar ideias e pensar no que de melhor guardei destes dois dias. umas das coisas que guardo melhor das cidades que visito, seja pela primeira vez seja pela décima, são os restaurantes. gosto de repetir os que gosto mesmo mas adoro conhecer novos restaurantes e guardar boas refeições na memória. tinham-me recomendado a nova praça de Lisboa, no Porto, recuperada, refeita e reaproveitada para um passeio giro com lojas e restaurantes novos, entre os quais o CLÉRIGOS.
o CLÉRIGOS tem uma particularidade muito giras, tem uma zona do restaurante apenas para WINE&TAPAS e outra de CAFÉ&BRASSERIE. Optámos, visto ser hora de almoço pelo Café&Brasserie, pois no menu para além de hambúrgueres, pastas, pizzas e bifes, tinha sushi que era mesmo o que me apetecia. Não sou perita em sushi nem faço questão de ir a um sítio onde só se come sushi para o comer, quando é bom é e eu gosto dele bom! Se for comido com uma mesa ao lado com uma família "moderna" a comer mega hambúrgueres que o sushi me sabe pior ou fica mal. quando me apetece, apetece e é onde for. Ali, foi o sítio certo, bom, diversificado, um prato enorme para dois que nos encheu as medidas. Foi um excelente almoço, com café de graça e tudo, não fosse termos visto o primeiro café ir pelos ares, mas sempre com um sorriso e uma prontidão magnífica.
O espaço esse foi o que me deixou perplexa. Do exterior já aqui falei, e fiquei maravilhada pelas linhas novas que a nova Praça trouxe à cidade, mas o interior do Clérigos é o que menos me apetece rever... mesas de ferro, ok, simples, brancas e pretas, mas as cadeiras de verga a lembrar varandas das avós, com costas enormes, e as árvores a decorar o espaço fez com que eu pensasse duas vezes em sentar-me dentro ou fora... como o decor é igual acabei por preferir pelo menos ver a vista e as pessoas a passar. não consegui de todo abstrair-me daqueles cadeirões e das plantas... e isto diz muito. entre exterior e interior preferia ter comigo o sushi na rua! mas eu volto, porque o sabor do almoço vale por mil e uma planta em vaso caixote ou cadeiras de outros tempos.


clérigos | passeio dos clérigos . rua das carmelitas 151 . porto | 223400770 | 
mon-thu + sun 10am-12am . fri-sat 10am-02pm

i should've writen this earlier last week and much more on our amazing weekend away in Oporto, but it's been hectic as asual and i've had loads to do. one of the things i keep forever in a new city i visit, even those i return to, is the food. i love going back to places i love but most of all i need to discover new and tasty places. the new Praça de Lisboa, rehabilitated, is now an exciting walk with shops and places to eat, one of which is CLÉRIGOS.
CLÉRIGOS has a twist to it, it has a WINE&TAPAS section and a CAFÉ&BRASSERIE on the other side. We chose the Café because it was lunchtime and it didn't seem like an appropriate time for wine. Between a menu filled with burgers, past, pizza, steak there was also sushi. i'm not a sushi guru nor a fanatic, but sometimes i really feel the urge to have sushi and it could be in a burger place for all i care. as longs as it tastes good, it's fine by me. A huge plate for the both of us was the perfect lunch!
The interior decor was what left me a bit confused. i've told you about the exterior already and about the gorgeous new architecture in the city, but the interior of the restaurant left me thinking... iron tables, ok, simple, black and white, but the chairs? wicker, huge bulky chairs from a time gone, and huge, and i mean huge vases with trees in them. i swear i had a bit of a battle deciding to eat indoors or outdoors because the decor was just strange. i decided on outdoors because at least that way i'd be looking at people passing by... i couldn't focus really. between in and out i'd rather have eaten my sushi on the sidewalk! but i'll be back i'm sure because it tasted so good, and it's worth more than a few plants.

No Comments Yet, Leave Yours!