cores | hot chocolate


1|2|3|4|5|6|7|8|9|10

because hot chocolate, though i never drink it, feels like the only thing that could warm me up right now... and how tempting is any object in chocolaty colour? i believe no other colour has this deep dark tone, it is definitely the base for anything colourful and bright, it workds perfectly for men and women and it reminds me of my childhood... strangely enough. it is an autumn colour for sure in my view and it is special... so special i'm thinking of getting my nails in chocolate colour, i'll let you know. 

instaweek 044


um jantar feito à pressa mas dos melhores que eu faço . uma manhã de sábado a caminho de madrid com as "brandies" . uma viagem fabulosa . um pequeno-almoço a lembrar a nossa casa . o The Brands' Market com a banquinha mais querida da ibéria . um chegar a casa e estar com eles bem perto bem pertinho... que saudades... estou cansada.

dinner made in a hurry but one of my favorites . a saturday morning on a bus with the "brandies" girls . a fabulous trip . a breakfast that brings back memories from a home we once had . The Brands' Market with the cutest shop in iberia . arriving home and hugging these boys and their sweet sweet kisses... miss them dearly... i'm tired.

o melhor do meu dia

dar uma gargalhada à séria, sonora, boa, e tão refrescante na loja com amigas por perto!





laughing out loud, destressing, relaxing and enjoying it at my shop with friends near by!

cores _ tangerine tango


1|2|3|4|5|6|7|8|9|10

cá por casa quando chega o frio a taça da fruta enche-se de tangerinas. todos adoramos e como tradição italiana que adoptámos aqui em lisboa, colocamos as cascas por cima dos aquecedores, ou ao pé da lareira para que a casa se encha de cheiro natalício que para nós é o cheiro de chá, canela e tangerina. a cor tangerina é por vezes difícil de distinguir do laranja, mas quem gosta, sabe que tem um tom mais quente, mais inverno e um doce que não há igual. 

in our home when the cold weather arrives we fill our fruit bowl with tangerines. we all love it and like tha italians we know do, we adopted the tradition of placing tangerine peals on the heaters or close to the fireplace to fill up the house with a special christmas and winter smell, which for us include cinnamon, tea and tangerine. the colour is hard to tell apart from ordinary orange, but those of us who love it know, it's deeper, warmer, wintery and so much sweeter. 


o melhor do meu dia

começar seriamente a pensar no próximo dia 7...







starting to think seriously about the 7th...

the architect in me | pavilhão raketenstation


this is in germany but it reminds me a lot of belgian architecture, brick, straight and a touch of Siza in it.

instaweek 043

bricolages com spray . o "kit" a compor-se . os tons do dia 7 . os tons da semana na loja . uns lápis de cera com 22 anos mas que fazem as delícias dos meus pequeninos . e a foto semanal com o mini-m

diys with spray paint . the "outfit" coming together . the tons for the 7th . the tones this week at the shop . crayons that though 22 years old make for a wonderful afternoon for little boys . my weekly photo with mini-m

o melhor do meu dia

...momento em que percebi que com duas crianças a chorar em plena birra consegui controlar o meu instinto para lhes mandar um berro... comecei a cantar... e acabei com os dois ao colo.



...the moment when i realized that i was calm amongst two screaming tantrum kids an started singing... in no time i had two sleepy babies in my arms.





utensílios de cozinha

1|2|3|4|5|6|7|8

cozinhas com pormenores lindos é meio caminho andado para uma cozinha linda e para querermos usa-la! eu deixei de ser a cozinheira de serviço aqui em casa depois das pápas/sopas deles porque enjoei de ver comida passada com a varinha mágica, mas sempre quis ter na cozinha objectos que me façam querer cozinhar, sejam eles bases para quentes, tabuleiros, torradeiras que lançam o pão pelo ar, manteigueiras amorosas, cortadores de bolachas dignos de letras e objectos para cortar bolos na perfeição. gosto de gadgets, gosto de branco e cores pastel... tenho uma cozinha laranja florescente! ;)

kitchens with beautiful details are the best way to live your kitchen to the fullest! i used to be a great cook... hum hum, not in the "everything i cook tastes good" but in the "i loved cooking no matter what" way but after that soup phase they first had i got a bit tired of cooking for babies and stopped cooking all together, but it's important to me to have in my kitchen things i love, but htey have to be either genious ou beautiful, like flying toast toasters, cute butter houses, helvetica cookie cutters, tea cosys that scream home, and hot pot base that is cute as a button. white or in pastel colours make me smile... though i have a fluorescent orange kitchen now! ;)

have a great week | monday



pin on friday


the lucious, thick choclate filling, the big black berries and the oreo crust... had to be pinned!


o melhor do meu dia

...ouvir o F descrever o dói-dói que a girafa de madeira da avó tem na cabeça, rabo e pata. coitada da girafa, mas principalmente coitado deste miúdo que tanto sofre com os brinquedos.




...listenning to F describing the boo-boo the wooden giraffe, at grandma's place, has on it's head, butt and paw. poor giraffe and specially poor little boy who hurts for his own toys. 

workshop | mum's the boss

a necessidade de fazer este workshop surgiu de um pedido de ajuda, num momento mais complicado, num momento em que eu percebi "não consigo"... escrevi um post... passaram-me um contacto, enviei um mail igual. do outro lado responderam em 3 segundos. com tom doce, com abraço distante, com carinho e a frase "não é estranho, tudo o que sente é normal"
sou mãe, sou mãe há 3 anos e meio e só há 6 meses senti pela primeira vez que não ia conseguir sê-lo sem que desabafasse com alguém. nunca me achei má mãe, mas não quero de todo sê-lo, ou pensá-lo, quero agir para que não fique senil, rancorosa, irritada, quero lembrar-me várias vezes ao dia se for preciso que sou eu, e o melhor que eles têm.
do tom meigo do norte veio o fio da cana de pesca, um workshop programado mas ainda sem data, inscrevi-me mentalmente e a sério quando a primeira data surgiu em lisboa.

um dia para me sentir normal, parecendo magia tudo se resolveu, na minha cabeça pelo menos. provei a mim mesma que há muitas crianças e mais que tudo muitas mães, e as crianças são sim o nosso espelho, são sim só nossos e se uns fazem assim outros fazem assado outros nem isso, se há mães assim há ainda muito mais e de mil e uma maneiras. há histórias, cenas e aventuras. há sopas, birras e noites mal dormidas, há gargalhadas e choros em público, há vergonhas e zangas, há abraços e beijinhos. há tudo aquilo que eu sempre sonhei e quis para mim. há o que nunca quis porque não sei. mas há acima de tudo ao fim do dia, uma família com os seus erros e imperfeições, mas há amor, muito amor.

madga... que dizer. esse tom suave na voz acalma qualquer um e se eu preferia ter tido um workshop privado, gostei de ouvir tudo, e se principalmente perceber quem eu sou como mãe. sou mãe de gémeos de 3 anos e meio, não posso pretender nem mais nem menos, mas quero e posso pedir ajuda quando for preciso. e posso sempre fazer de palhaça, certo? ;)


colours | shades of grey



1|2|3|4|5|6|7|8|9|10

o melhor do meu dia

o melhor do meu dia... assumi este tpc há muitos anos, não neste formato de blog, de post, mas meu, em formato "estou deitada a pensar no meu dia" mais vezes penso no que correu mal, no que quero corrigir, acabar e ainda fazer para que ninguém dê por alguma falha minha, sou das que pensa muito no que quero fazer melhor, mas poucas vezes no que fiz bem... um exercício a ser praticado. quero saber olhar para o bom com a mesma confiança com que acho que posso corrigir o menos bom.
saber que quem mo emprestou, o link, o logo o tema, foi ela, diz muito, diz muito sobre o importante que isto se pode tornar e diz muito do esforço que vem por aí. não prometo que seja um esforço diário, não prometo ser constante, prometo sim tentar, e escrever aqui o que foi realmente o melhor do meu dia. em silêncio na noite, deitada numa cama quentinha. esse farei-o sempre e para sempre. é preciso reorganizar ideias, pensamentos e vontades numa semi lista que nos acompanha até adormecer. é com ela que me levanto com força para enfrentar o que quer que seja e por tantas outras razões pelas quais se resolve tudo ou não... acompanhem-me nesta próxima crónica e se quiserem já sabem que é só pedir que elas deixam-nos entrar neste momento novo.

the best of my day... in short words, it's a challenge, a challenge that you, i must keep to single out one moment, one word, one person, one feeling that can be declared "the best of my day". join me, join her, in our attempt to change our own perspective of our own days and just like that, make us happier, and hopefully change our world. believe in it, because it's really that simple. 


quarta-feira . 14.11.2013 _ ter tido tempo para os levar à escola com calma, e a conversa longa que tivémos ao longo do caminho, entre descrição das marcas dos carros e dos anúncios de publicidade da paragem do autocarro, estes miúdos completam-me. 

wednesday . 11.14.2013 _ the time we had this morning while walking to school and the adorable ocnversation these two can have while describing cars passing by and advertisments they see everywhere, these boys complete me.

the architect in me | health center



health center . badalona . baas jordi baldia

o edifício abre para uma recente praça e tem um entrada em estilo de pátio. o novo centro de saúde, juntamente com futuros edifícios municipais, formará um novo espaço urbano. a área de consultas é um prisma preto coberto de treliça cerâmica que é suportado pelo piso térreo. um único, expressivo pilar separa o pátio da entrada do espaço público. 

the buillding opens up onto a newly-built square and has a courtyard-style entrance. the new health centre, together with future council buildings, will shape a new urban space. the consulting area is a black prism covered with ceramic lattice which is supported from the ground floor. a single, very expressive column separates the entrance courtyard from the remaining public space (from the original text)

instaweek 042

uma manhã medonha, com chuva, greve e finanças e com um final cheio de rendas . um baptizado especial a ser preparado para três crianças nossas e lindas . um teatro, uma prova de bom comportamento, uma surpresa e uma dia só para a mãe

a horrible morning, a rainy, on strike and financial morning that ended with colourful lace . a christening very dear to us for three special beautiful boy . a play, a test to our patience and behaviour, a surprise and a day out with mom

GUEST POST | s baby

adorei o convite e tenho a certeza que vou adorar colorir as vossas segundas-feiras todos os meses, é um dia menos bom porque se voltam aos ritmos da semana, mas não deixa de ser um recomeço de alguma coisa. e como é bom juntar cor a esse recomeço.
espero que gostem! espreitem e se quiserem podem sempre deixar sugestões de cores, tons e razões pelas quais elas vos são queridas. vemo-nos por ! ;)

i absolutely loved the idea of becoming part of the s baby family and colour your mondays every month from now on, it's a strange day because weekly routines restart but it is a restart which is always a good reason to add a bit of colour to it.
i hope you like it! take a peek and please leave your sugestions for colour, tones and reasons why they're dear to you. i'll see you there!



have a great week | monday



where there is a will, there's an A! 

at work with | hand ceramics

dá vontade de ir trabalhar com ela! | it will make you quit your job and work with her!

* onde vives? de onde és?
vivo em lisboa. sou do mundo. a morada para onde hei-de sempre voltar é portuguesa com certeza.

* onde fica o teu atelier?
o atelier fica no 3º andar de um prédio sem elevador perto de minha casa. trabalho rodeada de vizinhos simpáticos, a maior parte dos quais conheço desde que nasci.


* o que vês da tua janela enquanto trabalhas?
o tempo. quando era pequena via uma imensidão de verde. agora vejo verde e muitos prédios. o espaço onde trabalho é a casa onde vivi toda a minha infância. é curioso voltar à mesma casa, olhar pela mesma janela e ver que a linha do horizonte também se transformou com o tempo.

* tomas café de manhã? como é o teu pequeno-almoço?
tomo sempre pequeno-almoço, todos os dias, independentemente das horas a que me levantar: uma chávena grande com leite frio e um nespresso e uma taça de cereais, enquanto leio uma revista. depois passeio o meu cão e vou trabalhar.


* tens algum ritual antes de começar a trabalhar?
a primeira coisa que faço é ligar o rádio. a segunda é vestir o avental.

* o que gostas mais do teu trabalho? o que te põe mais à prova?
poder criar peças que vão estar nas casas de outras pessoas, presentes em muitos momentos das suas vidas, e que vão fazer parte de muitas histórias ao longo to tempo. o que me põe mais à prova? tudo. a responsabilidade, os compromissos, as expectativas. tento desafiar-me todos os dias mais um  bocadinho, e acho que isso se tem repercutido no ainda curto mas feliz percurso da HANDceramics.


* como aprendeste a fazer o que fazes?
aprendia a pintar azulejos com a Ana Cordovil, mas o meu processo criativo revela muito da formação que tenho como arquitecta. quanto a ser persistente, acreditar e ter coragem, aprendi com os meus pais e com os meus amigos!

* o que é a HANDceramics?
a HANDceramics - Have A Nice Day ceramics - é uma marca portuguesa de peças cerâmicas feitas à mão, que surgiu da vontade de dar novos usos ao azulejo tradicional, e levá-lo até à casa das pessoas. o objectivo é dar uma nova perspectiva sobre o trabalho cerâmico artesanal, privilegiando a aliança entre  odesign e o artesanato cerâmico de qualidade.

cores | navy blues


1|2|3|4|5|6|7|8|9|10

moods have a tendecy to colour coordinate your days. you might even wear black when you're very happy but somewhere in what you're wearing, a colour, brighter, will show through. i believe this truthfully. i also believe that people chose what they wear based on who they are and how they feel at the moment, or what they'd prefer to transmit to the world. navy blue does this for me every single time. i tend to wear nany blue when i feel more homy, more ocnfortable, more let go of all that's expected of me. i call it my home clothes though they might involve high heel shoes, or elegant dress. it's my safety colour. though fashion changes constantly i always keep a navy blue cardigan close by, i always have a navy blue tshirt, or silky top, i always have summer navy blue shoes, and a gorgeous navy blue winter scarf. it makes me feel cosy. and i think this goes for clothes, pots, candles, jars, notebooks, wallpaper... the list goes on. and that wedding cake, so elegant yet so sweet and beautiful... it's cosy, it's home, it's beautiful. and it goes with my need to be calm this week. 

the architect in me | casa y



casa y . turino.italia . f:l architetti

"...betão e cor-ten foram uma escolha estilística e funcional, a resposta à necessidade de fácil manutenção e durabilidade a longo prazo pedido pelo cliente. a área de estar com a cozinha forma um amplo ambiente cuja loggia se projecta para fora, com vista para o vale. o resto do edifício está situado num terreno em declive. o longo e estreito corredor forma o circuito de distribuição: as suas paredes de betão iluminadas por clarabóias em todo o comprimento da passagem (...) a casa y combina elegância com racionalidade, o requinte arquitectónico dos materiais e eficiência energética certificada..."

"...concrete and cor-ten are a stylistic choice and a functional one, the answer to the client's need of ease of maintenance and long-term dirability. the living area with the kitchen forms a large environment whose ample loggia projects outwards, overlooking the valley. the rest of the building is nestled into the sloping terrain. a long narrow corridor forms the distribution circuit: its fair-faced concrete walls lit by shafts of light from a skylight running the full length of the passage way (...) casa y combines elegance with rationality, architectural refinement of materials and certified energy efficiency..." (part of the original text)

where to eat | clérigos

já devia ter escrito mais sobre o fantástico fim-de-semana que passámos no Porto, mas só agora consegui arrumar ideias e pensar no que de melhor guardei destes dois dias. umas das coisas que guardo melhor das cidades que visito, seja pela primeira vez seja pela décima, são os restaurantes. gosto de repetir os que gosto mesmo mas adoro conhecer novos restaurantes e guardar boas refeições na memória. tinham-me recomendado a nova praça de Lisboa, no Porto, recuperada, refeita e reaproveitada para um passeio giro com lojas e restaurantes novos, entre os quais o CLÉRIGOS.
o CLÉRIGOS tem uma particularidade muito giras, tem uma zona do restaurante apenas para WINE&TAPAS e outra de CAFÉ&BRASSERIE. Optámos, visto ser hora de almoço pelo Café&Brasserie, pois no menu para além de hambúrgueres, pastas, pizzas e bifes, tinha sushi que era mesmo o que me apetecia. Não sou perita em sushi nem faço questão de ir a um sítio onde só se come sushi para o comer, quando é bom é e eu gosto dele bom! Se for comido com uma mesa ao lado com uma família "moderna" a comer mega hambúrgueres que o sushi me sabe pior ou fica mal. quando me apetece, apetece e é onde for. Ali, foi o sítio certo, bom, diversificado, um prato enorme para dois que nos encheu as medidas. Foi um excelente almoço, com café de graça e tudo, não fosse termos visto o primeiro café ir pelos ares, mas sempre com um sorriso e uma prontidão magnífica.
O espaço esse foi o que me deixou perplexa. Do exterior já aqui falei, e fiquei maravilhada pelas linhas novas que a nova Praça trouxe à cidade, mas o interior do Clérigos é o que menos me apetece rever... mesas de ferro, ok, simples, brancas e pretas, mas as cadeiras de verga a lembrar varandas das avós, com costas enormes, e as árvores a decorar o espaço fez com que eu pensasse duas vezes em sentar-me dentro ou fora... como o decor é igual acabei por preferir pelo menos ver a vista e as pessoas a passar. não consegui de todo abstrair-me daqueles cadeirões e das plantas... e isto diz muito. entre exterior e interior preferia ter comigo o sushi na rua! mas eu volto, porque o sabor do almoço vale por mil e uma planta em vaso caixote ou cadeiras de outros tempos.


clérigos | passeio dos clérigos . rua das carmelitas 151 . porto | 223400770 | 
mon-thu + sun 10am-12am . fri-sat 10am-02pm

i should've writen this earlier last week and much more on our amazing weekend away in Oporto, but it's been hectic as asual and i've had loads to do. one of the things i keep forever in a new city i visit, even those i return to, is the food. i love going back to places i love but most of all i need to discover new and tasty places. the new Praça de Lisboa, rehabilitated, is now an exciting walk with shops and places to eat, one of which is CLÉRIGOS.
CLÉRIGOS has a twist to it, it has a WINE&TAPAS section and a CAFÉ&BRASSERIE on the other side. We chose the Café because it was lunchtime and it didn't seem like an appropriate time for wine. Between a menu filled with burgers, past, pizza, steak there was also sushi. i'm not a sushi guru nor a fanatic, but sometimes i really feel the urge to have sushi and it could be in a burger place for all i care. as longs as it tastes good, it's fine by me. A huge plate for the both of us was the perfect lunch!
The interior decor was what left me a bit confused. i've told you about the exterior already and about the gorgeous new architecture in the city, but the interior of the restaurant left me thinking... iron tables, ok, simple, black and white, but the chairs? wicker, huge bulky chairs from a time gone, and huge, and i mean huge vases with trees in them. i swear i had a bit of a battle deciding to eat indoors or outdoors because the decor was just strange. i decided on outdoors because at least that way i'd be looking at people passing by... i couldn't focus really. between in and out i'd rather have eaten my sushi on the sidewalk! but i'll be back i'm sure because it tasted so good, and it's worth more than a few plants.

instaweek 041


a preparar|organizar coisas giras . o nosso pequeno halloween . lindo colar novo . eu e o f pela cidade . festa de anos e sítios giros . cores de lisboa

preparing|organizing cute things . our tiny halloween . a gorgeous new necklace . f and i through the city . birthday party in new places . lisbon in colour 

what i saw | hand ceramics

já o disse várias vezes, o que é feito à mão, na perfeição e com atenção aos detalhes, vai logo para a minha lista de marcas e produtos a ter debaixo de olho. foi na Oficina Colectiva que descobri ultimamente os meus projectos preferidos e aqueles que sem dúvida merecem todo o destaque possível. no que depende de mim, encherei casas com coisas giras e o blog com links para que ninguém perca nada.
a HandCeramics é assim, do mais simples que existe. pega num produto tão nosso mas tão seu. não há azulejos como este e eu tenho um que levo ao peito. não é só o azulejo, não é só o ser manual, é sim uma mistura de formas, tons e usos. feitos à mão, pintados à mão, não há nenhum produto que não seja delicado e cheio de alma. nota-se que tenho uma paixão por cerâmica, não se nota?

muito em conta e difícil de não combinar com alguém ou qualquer casa, estes produtos da HandCeramics são excelentes presentes de natal, já que parece mesmo que ele vem aí... o natal digo. não há como escapar e para quê stressar quando é tão simples oferecer coisas lindas e nossas?





have a great week | monday