on my way to work | jardim das amoreiras

sempre disse que adoro o trajecto que faço para ir trabalhar, falo no chiado, falo no eléctrico 28, falo no jardim da estrela... mas nos entretanto há outro percurso que faço a caminho do meu outro trabalho, aquele que mete tecidos, fitas, anjinhos e coelhinhos, e passo por aqui. como costumo ir já ao fim do dia por vezes nem noto o que se passa até lá chegar, mas por vezes tenho a sorte de ir logo cedo e hoje adorei ver o que me rodeia a caminho do mini mundo. fui madrinha pela primeira vez nesta igreja, já lá vão 19 anos e se bem me lembro não era um jardim para passar tempo, não tinha nem quiosque nem parque infantil, e agora é o que é, lindo, limpo, arranjado, com café bom e bolinhos caseiros, e uma parque infantil que se bem que pequeno e um pouco ou quanto estranho é bom para os pôr aos pulos. não é ao lado de casa daí não ser o "nosso" parque, mas poderia muito bem ser um sitio giro para o grupo das meninas levarem os seus próprios coelhinhos. quero-vos contar tudo, mas quando acho que é a altura boa, surge outra ainda melhor! por isso março será o mês das novidades e eu vou adorar contar tudo de uma vez.
neste jardim não há só café e escorregas, há também o Aquedutos das Águas Livres, a Mãe D'Água, a Fundação Árpád Szenes Vieira da Silva e claro a Capela de Nossa Senhora de Monserrate. aproveitem este solinho matinal e passeiem por aqui!

jardim das amoreiras | são mamede | lisboa

i've always said i love the way i take to work, the streets, the chiado neighborhood, the tram 28, the park close to our home, but in between sometimes i take another route to my other job, the one that makes me be surrounded by pretty fabric, ribbon, angels and bunnies, and when i do this i cross this garden. most of the time, at the end of the day, but sometimes i'm really lucky and walk by it in the morning, just like today. i don't remember it having this coffee place and the kids' park when i was younger, but i remember this church, i became a godmother of a gorgeous girl 19 years ago in that chapel... it's not next door like the one we go to all the time, but it's close enough for my "girls" group to come for breakfast and kids on sunday morning i'm sure. i want to tell you all about this new route for work, but when there's a good time to tell you, another better thing happens and i wait a bit more, but march will be a new month soon and with it many new things. so i'll wait until then. 
besides the coffee, which yes i'm abosessed about, i just love good coffee on the way to work, and the tiny park, there's also the Water Museum (inside the actual acqueduct), the Árpád Szenes Vieira da Silva Foundation and of course the Chapel of Our Lady of Monserrate. enjoy it on sunny mornings like this you'll love it!


2 comentários:

  1. Olá Andrea, também sou arquitecta (desviada do caminho das rectas para o caminho dos sabores e das imagens felizes) e descobri hoje o teu blogue. Gostei tanto! :)
    Vou voltando e passeando contigo. Bjs.

    ResponderEliminar
  2. olá susana! é a susana gomes fotografa?! que giro! conheço o seu trabalho e gosto muito! obrigada espero que goste de aqui vir e ler e ver!

    ResponderEliminar