at work with | mariana alves do rio

* onde vives? de onde és? como foste aí parar? | where do you live? where are you from? how did you get there?
olá! o meu nome é mariana, sou de lisboa, vivo em lisboa, mas no entretanto vivi 4 anos em florença. | hi, i'm mariana, i'm from lisbon, i live in lisbon, but i've lived in florence (italy) for 4 years too.

* onde fica o teu atelier? como vais para lá? | where is your studio? how do you get there?
o meu atelier fica ao pé de minha casa, na rua da imprensa nacional, e normalmente vou a pé e faço a minha vida toda por estes lados, que adoro! houve um altura em que ainda tinha o atelier em casa, mas não durou muito tempo... para mim é importante ter uma rotina em que se sai de casa para trabalhar e poder distanciar uma cosia da outra. | my studio is very close to my house, i walk to work literally and i love it. there was a time when i worked from home, but it didn't last long... it's very important to me that i have a schedule and that i don't mix the two.

* o que vês da janela do teu atelier? what do you see through your studio window?
bem, como é uma janela que está a um nível mais alto do que eu (não chega a ser clarabóia), vejo a luz natural que ela me transmite, o que é bom para a concentração. no meu atelier anterior tinha um pátiozinho que nos "tirava" de lisboa. | because the window is very high i only see natural light, which helps me concentrate. my last studio had a patio outside which allowed me to be "away" from lisbon. 

* tomas café de manhã? como é o teu café? | do you take coffee in the moring? how do you take it?
tomo café sim, o pequeno-almoço é a minha refeição preferida. gosto de beber café com leite em casa e beber o expresso fora de casa para acordar! | i take coffee yes! breakfast is my favorite meal. i like to have a latte at home and then my expresso out in a caffé to wake up!

* tens algum ritual antes de começar a trabalhar? | do you have a ritual before you start working?
posso dizer que o ritual para trabalhar começa com a ida a pé para o atelier que é uma coisa que me dá muito prazer, gosto muito desta parte de lisboa (rato/príncipe real). são alturas em que a cabeça divaga pelos mais diversos assuntos! | i can say that my ritual is the actual walk to work, i love this part of the city and it gives me great pleasure. i think about all sorts of things while walking to work.

* o que gostas mais do teu trabalho? o que te põe mais à prova? | what do you like most about your work? what challenges you more?
o que eu mais gosto no meu trabalho é usar os meus conhecimentos de desenho e ter o prazer de construir um desenho/pintura a partir do nada! e saber que tudo o que está ali é trabalho meu, como se fosse um filho, acaba por uma coisa um bocado visceral" pois a minha identidade está ali em cada risco feito, apesar de o tema ser um retrato de outra pessoa, ou não. poder misturar as cores e ver o resultado... o que me põe mais à prova... muitas vezes somos nós próprios o nosso maior obstáculo, por várias razões. em termos técnicos existem sempre vários desafios aos quais me posso submeter, mas neste momento estou numa fase de retratos e cada retrato me dá um desafio diferente, a maior parte das vezes sou eu que tiro as fotografias para fazer os retratos, mas ás vezes isso não acontece e as fotografias como não foram tiradas por mim não têm a nitidez que é preciso, ou a luz não está tão natural, ou o enquadramento não é o melhor, e cabe-me a mim tirar o melhor proveito de tudo. | what i like most about my work is using my knowledge and pleasure of building a drawing/painting from nothing! and knowing that everything put into that piece is my work, almost like having a child, it's almost visceral because my identity is in every line drawn, though it might be someone else's portrait, or not. to be able to mix colours and see the result. what challenges me more... lots of times we're our own biggest obstacles, for many reasons. technically, there are a lot of challenges that i am willing to submit myself to, but at this moment i'm in a portrait phase and each portrait is a different challenge. most of the time i'm the one who takes the photographs for the portrait, but sometimes that is not possible so the photos aren't perfect, the light is not the best, the focus is off, the composition isn't the best, it's up to me to make the best work i can possibly make with that photo. 

* como é que aprendeste a fazer o que fazes? | how did learn to do what you do?
desde pequena que sempre gostei de desenhar, fiz o liceu na escola antónio arroio em artes gráficas e depois licenciei-me no IADE em design industrial e fiz um trimestre na sociedade nacional de belas artes, e ainda passei pelo atelier da Cecília Menano e do retratista Luis Guimarães, até que decidi entrar nesta aventura da florence academy of art, que é uma escola com um ensino baseado nos princípios da escola académica francesa do sec.XIX, que são uma espécie da matemática do desenho, como lhe chamo, onde se aprende a observar a luz e a sua relação com a sombra, a estrutura e a forma através da medição correcta das proporções, munidos de um fio de prumo e um espelho para refrescar o olho que ás vezes também se acomoda. | since i was little i loved drawing. i went to antónio arroio high school (art high school) in graphic arts, then i graduated from IADE in industrial design and did a trimestre in the fine arts society here in lisbon, and still worked with Cecília Menano and Luis Guimarães, until i decided to entre the florence academy of art in flroence, italy. it's a school with an education based on the french academic school principles from the 19th century, which are a sort of math of drawing, as i call it, where you learn to observe the light and it's relation to the shadow, the structure and the form through the correct measuring of proportions, fitted with a plumb line and a mirror to refresh the eye that sometimes also accommodates itself.

* o que é | what is "Mariana Alves do Rio - retratos e pintura"?
são retratos feitos com muita paixão, onde tento transmitir o olhar da pessoa em questão através da minha "lente" que não é de uma máquina fotográfica, mas sim dos meus olhos, desenhando através dos meus gestos... | it's portraits done with a lot of passion, where i try to transmit the look of the person i am portraying through my "lens" which isn't of a camera, but through my eyes, drawing through my geastures.

para mais info | for more info _ marianaalvesdorio@gmail.com

2 comentários:

  1. Gostei muito :)
    Parabéns!

    ResponderEliminar
  2. é qualquer cosia fora de série. estou tentada a ir viver com ela!

    ResponderEliminar